19 de Setembro de 2008

 
 
                         Realizo-me no acto de pagar
                         as quotas do Partido.
                         Não tem nada de heróico.
                         Nada mais natural
                         como beijar o filho
                         na hora de deitar.
 
Mário Castrim     
(1920-2002)          
 
publicado por subterraneodaliberdade às 21:50
A simplicidade das coisas simples... ditas com talento.



Um abraço.
fernando samuel a 20 de Setembro de 2008 às 10:14
pesquisar neste blog
 
Setembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
17
24
27
arquivos
Nota Subterrânea
Os artigos públicados da autoria de terceiros não significa que o subterrâneo concorde na integra. Significa que são merecedores de reflexão.
links
blogs SAPO