02 de Dezembro de 2008

Por Abril, Pelo Socialismo

Um Partido Mais Forte

 

 

 

O XVIII Congresso do Partido Comunista Português foi um grande congresso.

A reafirmação da base ideológica marxista-leninista, a manutenção do CC com maioria de operários reforçando o PCP como o Partido dos trabalhadores e o reforço do grande colectivo partidário, que somos, com grande respeito pelo centralismo democrático permitiu que o PCP saísse do congresso mais forte, mais coeso e mais preparado para as árduas lutas que tem pela frente.

Houve quem se dissesse desiludido com a resolução do XVIII Congresso, mas esses não foram nem os militantes, nem os trabalhadores foram aqueles que andaram a apregoar o fim do PCP como grande Partido nacional.

 

 

Abertura do XVIII Congresso do PCP
Organização Regional de Braga do PCP - Intervenção de Mário Jorge de Figueiredo
Encerramento do XVIII Congresso do PCP

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

publicado por subterraneodaliberdade às 21:48
tags:
Camarada,
Um congresso indiscritivel, potente, em crescendo, com intervenções pautadas pela denúncia e o esclarecimento do povo,oradores que falavam para seres humanos.

A revolução é hoje!
CRN a 3 de Dezembro de 2008 às 10:54
pesquisar neste blog
 
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
13
14
16
17
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
arquivos
Nota Subterrânea
Os artigos públicados da autoria de terceiros não significa que o subterrâneo concorde na integra. Significa que são merecedores de reflexão.
links
blogs SAPO