02 de Janeiro de 2009

 

Militão Ribeiro

 

   Nascido em Murça, Trás-os-Montes, emigrou para o Brasil com 13 anos de idade, vindo a ser expulso, mais tarde, devido à sua actividade militante no Partido Comunista Brasileiro. Regressado a Portugal, retomou a sua actividade revolucionária como membro do Partido Comunista Português. Participou na reorganização de 40-41, começando, então, a fazer parte do Secretariado do Partido.

   Foi preso, pela quarta vez, em 1949 e encerrado na Penitenciária de Lisboa - antes estivera em Angra do Heroismo e duas vezes no Tarrafal. Escreve José Dias Coelho: "Até às vésperas da morte, Militão Ribeiro manteve a preocupação de comunicar com o Partido a sua fidelidade e confiança. Escreveu várias cartas à Direcção do Partido, que foram interceptadas pelos carcereiros, só tendo chegado duas ao seu destino, uma das quais escrita com o seu próprio sangue" - "[...] Tenho sofrido o que um ser humano pode sofrer. Nem sei como tenho tido forças para tanto. Mas com todo este sofrimento deixei de ter fé na nossa causa. Sei que venceremos. Desde sempre mantive a disposição de dar a vida pelo Partido em todas as circunstâncias, assim como dou de uma forma horrível e cheia de sofrimento. [...] Tenho confiança que sabereis vencer todos os obstáculos e levar o Povo à vitória, mantendo essa disciplina e controlo severo de uns sobre os outros em trabalho colectivo, como vínhamos fazendo e aperfeiçoando. Que infelicidade a minha só aos cinquenta anos ter começado a trabalhar dessa forma. Felizes os que vêm novos para o Partido e o encontram a trabalhar assim [...]."

   Como incisivamente sublinhou José Dias Coelho, "a PIDE assassinou-o cruelmente, um crime lento, dos que não deixam vestígios.

   Militão morreu de inanição em 2 de Janeiro de 1950.

 

Salvemos Alvaro Cunhal e Militão Ribeiro

Torturado até à loucura Militão Ribeiro continua a ser espancado

Mataram Militão Ribeiro (António)!

Há um ano foram assassinados Militão Ribeiro e José Moreira

Militão e José Moreira: Duas vidas ao serviço do nosso Povo

Há 3 anos a PIDE assassinou Militão Ribeiro e José Moreira

Militão Ribeiro e José Moreira: Herois do Partido

Militão e José Moreira: Dois herois do Partido

Aniversário da morte de Militão Ribeiro e José Moreira

Há 60 anos nasceu Militão Ribeiro

Militão, filho querido do nosso Povo

 

publicado por subterraneodaliberdade às 00:46
Oportuníssimo post.

Um abraço.
fernando samuel a 2 de Janeiro de 2009 às 19:11
pesquisar neste blog
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
arquivos
Nota Subterrânea
Os artigos públicados da autoria de terceiros não significa que o subterrâneo concorde na integra. Significa que são merecedores de reflexão.
links
blogs SAPO