15 de Março de 2009

Há quem nunca entre em crise, há, também, quem nunca escape dela.

A EDP é um belo exemplo do primeiro caso, e uma boa parte dos trabalhadores e reformados do segundo.

 

Tal facto é revelador da opção de classe feita pelos partidos (PS/PSD/CDS) que exerceram o poder em Portugal.

 

Perante a notícia dos fabulosos grupos da EDP, afirmo a justeza da proposta do PCP de se estabelecer preços da electricidade, combustíveis, comunicação que permitisse ao PME enfrentar a crise que os afecta.

 

No entanto, não faço este post para me pronunciar sobre os lucros da EDP, mas para sugerir a leitura do Estudo de Eugénio Rosa:

 

A EDP PROSPERA NA CRISE

publicado por subterraneodaliberdade às 23:45
pesquisar neste blog
 
Março 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
arquivos
Nota Subterrânea
Os artigos públicados da autoria de terceiros não significa que o subterrâneo concorde na integra. Significa que são merecedores de reflexão.
links
blogs SAPO