01 de Maio de 2009

 O Primeiro 1º de Maio

 

 

O 25 de Abril de 1974 teve, uma semana depois, a sua confirmação maior nas gigantescas manifestações unitárias do 1º de Maio - expressão da imensa força autónoma e independente do movimento operário e popular. As impressionantes manifestações do 1º de Maio afirmaram o movimento operário e popular como uma poderosa realidade da vida nacional à qual estava reservado um papel determinante no curso da revolução portuguesa.

 

Esse papel é inseparável da orientação do PCP no sentido do reforço da unidade da classe operária e de todos os trabalhadores e da constituição de uma ampla frente social e política empenhada na defesa da democracia e das conquistas de Abril e da acção abnegada dos militantes comunistas nas mais diversas estruturas e frentes de luta do movimento popular.

 

A revolução portuguesa iria desenvolver-se através da acção conjugada das massas populares e do Movimento das Forças Armadas.

 

Álvaro Cunhal, na sua intervenção: "Nestes dias deram-se passos gigantescos no sentido da democratização da vida nacional. Mas o perigo da reacção fascistas, o perigo da contra-revolução existe."

 

publicado por subterraneodaliberdade às 23:23
Então, que se passa c/subterrâneos da Liberdade, que desde 01 de Maio não nos brinda com novos posts ?
divagares a 23 de Maio de 2009 às 22:30
pesquisar neste blog
 
Maio 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31
arquivos
Nota Subterrânea
Os artigos públicados da autoria de terceiros não significa que o subterrâneo concorde na integra. Significa que são merecedores de reflexão.
links
blogs SAPO