11 de Junho de 2011

 

 

 Fundação do PCP

 

A fundação do PCP ocorreu a 6 Março de 1921, em Lisboa, na sede da Associação dos Empregados de Escritório. Tendo como referências essenciais as lições das grandes lutas e vitórias da classe operária internacional e do desenvolvimento histórico do movimento operário português - e sob o impulso da criação do partido bolchevique, da Revolução de Outubro e dos ensinamentos da Marx, Engels e Lenine -, o PCP nasce num clima marcado por grandes lutas de classe, travadas pelos trabalhadores portugueses. No Manifesto em que faz a sua apresentação pública, o Partido, através da publicação dos 21 pontos da Internacional Comunista, afirma a sua adesão ao Movimento Comunista Internacional.

Logo a seguir é criada a organização das Juventudes Comunistas.

A primeira sede do Partido é na Rua do Arco do Marquês do Alegrete e, em pouco tempo, o números de filiados comunistas atinge o milhar.

O Partido define, como frente de acção prioritária dos seus militantes, a intervenção nas organizações sindicais com o objectivo de dar uma justa orientação à luta dos trabalhadores e visando a adesão do movimento sindical à Internacional Sindical Vermelha.

Com a fundação do PCP a classe operária portuguesa encontra a sua firme e segura vanguarda.

 

Estes momentos da história do PCP são também momentos inseparáveis da luta dos trabalhadores e do Povo Português (...).

 

 

Fonte: 85 Momentos da vida e luta do PCP - Edições Avante!

publicado por subterraneodaliberdade às 18:48
pesquisar neste blog
 
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
17
arquivos
Nota Subterrânea
Os artigos públicados da autoria de terceiros não significa que o subterrâneo concorde na integra. Significa que são merecedores de reflexão.
links
blogs SAPO