23 de Junho de 2011

 

Realizou-se hoje à tarde o plenário de trabalhadores dos ENVC, que contou com a presença de cerca de 700 trabalhadores. Anunciada na segunda feira a intenção de despedimento de 380 trabalhadores, o plenário decidiu a realização de uma manifestação/Tribuna Publica, para quarta-feira dia 29 de Junho, na praça da Republica em Viana do Castelo, em defesa dos postos de trabalho e contra a privatização da ultima grande empresa de construção naval com capacidade de projecto do país.

 

Fonte: PCP

publicado por subterraneodaliberdade às 19:25

 

MAIS DO MESMO PARA PIOR

 

Na altura em que um «novo» governo toma posse, vale a pena – e é necessário – relembrar que muitos «novos» governos tomaram posse ao longo dos últimos trinta e cinco anos – e que todos cumpriram à risca a tarefa de dar continuidade agravada à política de direita.

Foi assim que – ora com o PS (sozinho, aliado com o CDS ou com o PSD); ora com o PSD (sozinho, aliado com o PS ou com o CDS) – esses «novos» governos, cada um dando um novo passo em frente, fizeram Portugal chegar à dramática situação em que se encontra.

 

 

 

Fonte: Jornal "Avante!"

publicado por subterraneodaliberdade às 18:42

 

Reforma da PAC:

Instrumentos de regulação são essenciais!

 

No âmbito da discussão e votação do relatório Dess, sobre o futuro da PAC pós 2013, que terá lugar hoje e amanhã, respectivamente, os deputados do PCP ao PE apresentaram um conjunto de propostas de alteração ao relatório, nas quais se incluem questões essenciais para a salvaguarda do futuro da agricultura nacional.

 

 

 

 

Comunicado de imprensa dos deputados do PCP no PE

publicado por subterraneodaliberdade às 18:35

 

Guerra imperialista contra a Libia 

 

 

A guerra da NATO contra a Líbia destruiu dezenas de infra-estruturas não militares e matou cerca de 250 civis em três meses. A ofensiva é acompanhada por uma intensa campanha mediática que não olha a meios para a apresentar como humanitária e ocultar os que defendem a soberania do país.

 

 

Um dos últimos episódios que desmentem que a Aliança Atlântica age em nome da defesa do povo líbio foi o bombardeamento e destruição de uma fábrica que fornecia oxigénio líquido aos hospitais do país. De acordo com informações divulgadas pelo repórter da Telesur no território, Rolando Segura, além daquela infra-estrutura, também dois camiões carregados de alimentos foram alvo das bombas da Aliança Atlântica na estrada de acesso à cidade de Sirte.

Nos últimos dias, acabaram igualmente arrasados um gerador de energia eléctrica em Tripoli – supostamente anexo ao complexo governamental, do qual não resta já nenhum edifício de pé -, várias instalações da televisão estatal e de controlo de sistemas de comunicação via satélite.

  

 

Fonte: Jornal "Avante!"

publicado por subterraneodaliberdade às 13:32
pesquisar neste blog
 
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
17
arquivos
Nota Subterrânea
Os artigos públicados da autoria de terceiros não significa que o subterrâneo concorde na integra. Significa que são merecedores de reflexão.
links
blogs SAPO